NotíciasHome / Notícias / DIRETRIZES PARA O RASTREA...
Diretrizes para o rastreamento do câncer do colo do útero entram em consulta pública este mês 17/02/2016

 Foi iniciado o período de Consulta Pública da atualização das Diretrizes Brasileiras. As Diretrizes Brasileiras para o Rastreamento do Câncer do Colo do Útero passaram por um amplo processo de revisão e atualização baseada em evidências, envolvendo diversos segmentos da sociedade científica. Nesse processo foram envolvidos mais de 60 profissionais reunidos em grupos revisores ao longo de cerca de um ano.

A versão preliminar da Atualização 2016 está disponível para Consulta Pública. Você está convidado para contribuir com sugestões ou comentários a partir da publicação de portaria no Diário Oficial da União.  

Apesar de se tratar de um texto destinado à prática no SUS, as recomendações são completamente aplicáveis à prática de saúde suplementar ou medicina privada. Todavia, não são feitas recomendações envolvendo tecnologias que ainda não foram demonstradas serem custo-efetivas no SUS, como testes de DNA-HPV ou citologia em meio líquido.

O documento é precedido por Apresentação e Introdução (Parte I), seguindo-se os capítulos de recomendações (Parte II). Cada capítulo possui texto introdutório descrevendo sumariamente a questão abordada e as evidências disponíveis, seguindo-se as recomendações pertinentes.

 Versão em análise

Para o preenchimento do 

Formulário observe as instruções abaixo:

 - Utilize um formulário para cada contribuição.

- As contribuições serão encaminhadas para os responsáveis por cada capítulo e serão respondidas individualmente.

- A insuficiência ou imprecisão das informações prestadas neste formulário poderá prejudicar a sua utilização pelos redatores.

- Em caso de dúvidas, escreva para diretrizesbrasileiras.2016@inca.gov.br.

Participe!

Fonte: Inca

<< voltar às notícias

PARCEIROS

AFILIADOS