NotíciasHome / Notícias / DEBATES, POLÊMICAS E UM R...
Debates, polêmicas e um rumo 10/06/2013

A 12ª edição do Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade (CBMFC) reuniu mais de 3.500 profissionais de saúde em Belém do Pará. O evento, que ocorreu pela primeira vez na região norte, tem significado especial no momento em que o Brasil discute sobre a interiorização dos médicos no país. 

Com o tema “Acesso com Qualidade”, foram inúmeros os debates e inovações. Por um lado, equipes da ESF apresentando propostas eficientes e custo-efetivas para ampliação do acesso e fortalecimento do vínculo com os pacientes (como o uso de e-mails e celulares em Florianópolis). Por outro, polêmicas, em especial com o Ministério da Saúde (MS), sobre o rumo da atenção primária no Brasil.

Ficamos muito agradecidos com a presença do Diretor da Atenção Básica, Heider A. Pinto, e do Secretário de Atenção à Saúde do MS, Helvécio Miranda. Entretanto, temos que lamentar a ausência do Ministro Alexandre Padilha nesse evento. 

Mais triste foi algumas delegações encontrarem o Ministro no aeroporto de Belém, no último dia do congresso, respondendo que “não sabia da existência do evento, nem teria sido convidado”. Sabemos, entretanto, que a diretoria da SBMFC levou pessoalmente o convite ao Ministro deixando-o protocolado no seu Gabinete, além de ter contatado seus assessores para tentar garantir a sua presença.

Mas, apesar disso, precisamos ficar alegres com a consolidação do CBMFC como um evento que cresce a cada ano com discussões científicas, técnicas e políticas, e acreditar que o próximo CBMFC em Natal será ainda maior. Por fim, encerro esse editorial com alguns frases enviadas pelos participantes do CBMFC à lista de emails da SBMFC. 

Tenham todos uma ótima leitura!

<< voltar às notícias

PARCEIROS

AFILIADOS