NotíciasHome / Notícias / WONCA 2016: USO INDISCRIM...
WONCA 2016: Uso indiscriminado de medicamentos é tema de palestra de especialista dinamarquês 03/11/2016

Em um dos principais momentos da programação científica do WONCA 2016, diretor do Centro Cochrane Nórdico, Peter Gotzsche falou para mais de mil pessoas sobre: Por que tão poucos pacientes se beneficiam dos medicamentos que tomam e porque muitos são mortos por eles.

Com dados contundentes e uma fala repleta de referências e comparações com estudos realizados pelo Centro Cochrane Nórdico, Gotzsche abriu a apresentação com a informação “assustadora” de que aproximadamente 200 mil pessoas morrem por ano nos Estados Unidos em decorrência do uso de medicamentos e seus efeitos colaterais, “sendo que metade delas fazendo uso por indicação do médico”. Segundo Gotzsche, os medicamentos receitados representam a terceira principal causa de morte, depois das doenças vasculares e do câncer.

O especialista falou sobre os interesses da Indústria farmacêutica e a tentativa de bloquear estudos que comprovariam os altos riscos de determinados medicamentos, a real necessidade e os eventuais benefícios do uso de antidepressivos, a visão parcial da Food and Drug Administration (FDA) e o diagnóstico e tratamento de jovens com Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH).  “Em muitos casos de TDAH, os efeitos adversos de drogas são confundidos com um agravamento da "doença" ou até pela aparição de uma “doença adicional”.

Entre as conclusões, ele ressaltou que os médicos em geral precisam:

  De uma avaliação verdadeiramente independente das drogas antes de utilizá-las;

  De Ensaios verdadeiros com uso de placebo;

  Grandes ensaios de longo prazo (antes da aprovação) e que possam capturar danos raros, mas devastadores nos pacientes;      

  Manter a Indústria Farmacêutica fora da parte de educação médica;

  E, por fim, uma grande mudança cultural na pesquisa em saúde (os dados de pesquisa gerados pelos pacientes pertencem a todos nós).

Ele fechou a apresentação com algumas sugestões imprescindíveis aos pacientes como: ler a bula do medicamento e se informar a partir da internet; usar o mínimo possível de drogas; quando você pensar que está ficando velho, considere a possibilidade disso ser os efeitos colaterais do uso desses medicamentos e, principalmente, tente diminuir o uso dessas drogas “Uma por uma...você pode ter uma nova vida!”

Peter Gotzsche participa de sessão de autógrafos de livro no estande da SBMFChttps://goo.gl/FF2mor



 

<< voltar às notícias

PARCEIROS

AFILIADOS