NotíciasHome / Notícias / MÉDICOS DE FAMÍLIA E COM...
Médicos de Família e Comunidade do Brasil e Espanha abordam Atenção Primária no Rio de Janeiro 20/02/2018

Entre os dias 23 e 24 de fevereiro, o  36º Seminario de Innovação em Atenção Primaria, será realizado na cidade do Rio de Janeiro, com médicos de família e comunidade, sendo a maior parte deles brasileiros mas contando também com a participação de médicos e estudantes espanhóis, argentinos, chilenos ou cubanos. Neste seminário, o assunto a abordar será a “Formação básica e continuada em Atenção Primária: teoria e prática”. O termo “formação” se refere ao   ensino   teórico/prático   na prestação dos cuidados, levando à melhoria na atenção e ao aumento da resolutividade da maioria dos problemas mais frequentes de saúde de pacientes e comunidades. 

Organizado pelo grupo CESCA, com apoio da comissão local organizadora e da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC), o evento começou na fase virtual no dia 1 de janeiro.

“A importância dos Seminários Inovadores parte de um debate extremamente qualificado a partir das experiências dos participantes e das referências de pesquisa mundiais em prol do desenvolvimento de uma atenção primária de alta qualidade, com impacto na assistência, ensino e gestão. E o produto final gera recomendações para serem implantadas nos serviços de saúde”, explica Thiago Trindade, presidente da SBMFC.

Todos os temas que serão discutidos no formato presencial foram debatidos primeiro no grupo virtual. Entre os temas debatidos, estão os seguintes:

“Quem somente sabe medicina, nem sequer isso sabe” Juan Gérvas (médico geral aposentado, Doutor em Medicina, professor visitante de Saúde Internacional).

"La reforma de Río vista por un extranjero: docencia y otros aspectos positivos y negativos" Juan Gérvas (Médico general jubilado, Doctor en Medicina, profesor visitante Salud Internacional)  

  
"Pacientes, estudantes e residentes: impacto do ensino no atendimento/cuidado" Mercedes Pérez Fernández (médica geral aposentada, especialista em Medicina Interna, responsável pela Rede Espanhola de Atenção Primária).

”Formação de estudantes para a Atenção primária” Thiago Trindade (Médico de família, Doutor em epidemiologia, professor de Medicina da UFRN e Universidade Potiguar, presidente da SBMFC).

A Atenção Primária aborda os problemas mais comuns na comunidade, oferecendo serviços de prevenção, cura e reabilitação para maximizar a saúde e o bem-estar. Integra a atenção quando há mais de um problema de saúde e lida com o contexto no qual a doença existe e influencia a resposta das pessoas a seus problemas de saúde. Além disso, organiza e racionaliza o uso dos recursos para promoção, manutenção e melhora da saúde.

A Medicina de Família e Comunidade é a especialidade que acompanha o indivíduo desde antes do nascimento até os últimos momentos de vida, a Medicina de Família e Comunidade dispensa cuidados integrais ao paciente sempre com foco na pessoa e não na doença. Os médicos de família e comunidade (MFCs) têm capacidade de solucionar 90% dos problemas de saúde apresentados pelas pessoas atendidas e acompanhadas, seja em Unidades Básicas de Saúde, Clínicas de Família, UPAs, AMEs, AMAs, Serviços de Emergência, Pronto- Socorro, independentemente da esfera: pública, privada ou suplementar.

Os MFCs atuam de acordo com a Atenção Primária, por isso tem essa capacidade de alta resolutividade dos problemas de saúde com o olhar voltado para o indivíduo, família e comunidade, que muitas vezes tem papel impactante. Acompanham as pessoas ao longo da vida, independentemente do gênero, idade ou possível doença, integrando ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde. Esse profissional atua próximo aos pacientes antes mesmo do surgimento de uma doença, realizando diagnósticos precoces e os poupando de intervenções excessivas ou desnecessárias. 

 

 

<< voltar às notícias

PARCEIROS

AFILIADOS