Hipemerese gravídica aumenta o risco de parto prematuro espontâneoHome / Hipemerese gravídica aumenta o risco de parto prematuro espontâneo

O objetivo deste estudo foi o de investigar a associação entre a hipemerese gravídica e alteração no bem-estar cognitivo, comportamental e emocional na gravidez. O estudo coorte consistiu em 3423 mulheres nulíparas recrutadas no Screening for Pregnancy Endpoints (SCOPE) estudo realizado em Auckland, Nova Zelândia; Adelaide, Austrália; Cork, Irlanda; Manchester e Londres; Reino Unido, entre novembro de 2004 e agosto de 2008. Mulheres foram entrevistadas na 15ª semana, com uma semana a mais ou a menos, de gestação e na 20ª semana, com uma semana a mais ou a menos, de gestação. Mulheres com diagnóstico de hipemerese gravídica (HG) foram comparadas com mulheres que não obtiveram um diagnóstico de HG. As principais medidas de resultado incluíram os resultados do Curto formulário de inventário de ansiedade Traço-Estado (IDATE) (variação 6-24), resultados na Escala de Percepção de Estresse (EPE, variação 0-30), resultados na Escala de Depressão Pós-parto de Edimburgo (EPDS) (variação 0-30 ou categorias a-c) e respostas comportamentais aos resultados da gravidez.

Durante o período de estudo 164 mulheres sofreram de HG antes da entrevista na 15ª semana. Mulheres com HG possuíam significativamente maiores IDATE, EPE, EPDS e resposta limitadoras aos resultados da gravidez quando comparadas com mulheres sem HG. Essas diferenças foram observadas em ambas as 15 mais ou menos 1 e 20 mais ou menos uma semana de gestação .Estas diferenças foram maiores em mulheres com HG grave quando comparadas a todas as mulheres com HG. Mulheres com HG grave possuíam um maior risco de sofrerem parto prematuro espontâneo quando comparadas com mulheres sem HG (Odds Ratio ajustada 2,6).

Estes pesquisadores concluíram: “Este é o primeiro grande estudo prospectivo em mulheres com HG. Mulheres com HG, particularmente HG grave, estão em maior risco de alterações cognitivas, comportamentais e emocionais na gravidez. Mulheres com HG grave possuem maior taxa de parto prematuro espontâneo comparado a mulheres sem HG. Maiores pesquisas são necessárias para determinar se a prestação de apoio emocional para mulheres com HG é benéfica.”


Um momento terrível para não se sentir bem e sofrer efeitos adversos.

Para o resumo completo, clique aqui.

PLoS ONE 6(11):e27678 © 2011 McCarthy et AL

Um Estudo de Coorte Prospectivo Investigando Associações entre Hiperemese Gravídica e Bem-Estar Cognitivo, Comportamental e Emocional na Gravidez. Fergus P. McCarthy, Ali S. Khashan, Robyn A. North et al em nome de SCOPE consortium. Correspondência para Fergus McCarthy: Fergus.mccarthy@ucc.ie

Categoria: W. Gravidez/Parto/Planejamento Familiar. Palavras-chave: hiperemese gravídica, cognitivo, comportamental, emocional, bem-estar, relacionamentos, gravidez, estudo coorte prospectivo, Journal Watch..
Sinopse editada por Dr. Stephen Wilkinson, Melbourne, Austrália. Publicada em Global Family Doctor 20 de dezembro de 2011

PARCEIROS

AFILIADOS