Auto-coleta de amostras para testes de HPV na prevenção de câncer cervicalHome / Auto-coleta de amostras para testes de HPV na prevenção de câncer cervical

Auto-amostra vaginal para teste de DNA do vírus do papiloma humano (HPV) poderia aumentar as taxas de participação de triagem. Em ambiente clínico, o teste de HPV vaginal é pelo menos tão sensível quanto a citologia na detecção de neoplasia intra-epitelial cervical (NIC) nível 2 ou mais grave; entretanto, a eficácia no ambiente caseiro é desconhecida. Os pesquisadores tiveram como objetivo estabelecer a sensibilidade relativa e um valor preditivo positivo para testes de HPV a partir de amostras vaginais auto-coletadas em casa quando comparadas com citologia cervical realizada em uma clínica. Eles realizaram um teste de equivalência randomizado com base na comunidade em mulheres mexicanas de baixas condições sócio-econômicas com idades entre 25 e 65 anos. As participantes vieram de 540 comunidades medicamente carentes, predominantemente rurais em Morelos, Guerrero e no Estado do México. 12.330 mulheres foram aleatoriamente alocadas para testes de HPV e 12.731 para citologia cervical; 9202 mulheres do grupo de testes de HPV aderiram ao protocolo, assim como 11.054 do grupo de citologia cervical.

A prevalência de HPV foi de 9,8% e a taxa de citologia anormal foi de 0,38%. O teste de HPV identificou 117,4 mulheres com NIC 2 ou mais grave em 10.000 comparado com 34,4 mulheres com NIC 2 ou mais grave em 10.000 identificadas pela citologia; a sensibilidade relativa do teste HPV foi 3,4 vezes maior. Similarmente, o teste de HPV detectou 4,2 vezes mais cânceres invasivos do que a citologia (30,4 em 10.000 contra 7,2 em 10.000). O valor preditivo positivo do teste de HPV para NIC 2 ou mais grave foi de 12,2% comparado com 90,5% para citologia.

Os pesquisadores concluíram: “Apesar do valor preditivo positivo muito mais baixo para teste de HPV ou amostras vaginais auto-coletadas comparadas com citologia, tais testes podem ser preferíveis para detectar NIC 2 ou mais grave em ambientes de baixos recursos onde a restrita infraestrutura reduz a eficácia dos programas de triagem citológica. Porque mulheres nestes locais serão testadas apenas algumas vezes em suas vidas, a alta sensibilidade de um teste de HPV é de suma importância.”


Este pode ser de grande benefício em ‘ambientes de baixos recursos’.

Para o resumo completo, clique aqui.

The Lancet 378 (9806):1868-1873, 26 de novembro de 2011 © 2011 para Elsevier Ltd.
Auto-coleta de amostras vaginais para testes de vírus do papiloma humano na prevenção do câncer cervical (MARÇO): um estudo controlado randomizado com base na comunidade. Correspondência para Attila Lorincz: a.lorincz@qmul.ac.uk

Categoria: X. Sistema Genital Feminino, Seios. Palavras-chave: auto-coleta, vaginal, amostras, HPV, testes, cervical, câncer, prevenção, estudo controlado randomizado com base na comunidade, Journal Watch.
Sinopse editada por Dr. Stephen Wilkinson, Melbourne, Austrália. Publicada em Global Family Doctor 23 de dezembro de 2011

PARCEIROS

AFILIADOS